Você já ouviu falar de banho seco?

Manter o pet limpinho é essencial para garantir a sua higiene, evitar a proliferação de bactérias e a sujeira dentro de casa.

No entanto, conforme nos aproximamos do inverno, as temperaturas caem, o frio chega e a hora do banho pode ser um problema, principalmente se você mesmo dá banho no pet em casa.

Nesse caso, solução pode ser um banho seco!

Dessa forma, os pelos ficam cheirosinhos, limpos e macios sem precisar de enxágue!

Há diversos produtos no mercado feitos exclusivamente para uso pet. Você pode procurar um shampoo de lavagem a seco. Geralmente, eles são em forma de spray.

Basta aplicá-lo diretamente no pelo do seu cãopanheiro e, dependendo do produto, esfregá- lo – para que tenha a reação adequada.

Depois, é só tirar os resíduos com uma escova e toalha!

Apenas fique atento ao produto escolhido, para evitar reações alérgicas no organismo do seu pet.

O ideal é fazer um teste, passando um pouquinho em um pedacinho da pele do peludo e esperar um dia para ver a resposta.

É possível também fazer um banho caseiro.

Uma das principais opções é usar Bicarbonato de Sódio, pois ele remove a oleosidade dos pelos, absorve o mau cheiro e age como bactericida.

Basta aplicar e deixar agir por até cinco minutos e depois passar uma toalha para remover o pó. Para finalizar, escove os pelos em sentido contrário, do rabo ao pescoço.

Lembre-se de não aplicar na cabeça!

Outra receita é fazer uma mistura com 1L de água, 500ml de vinagre branco e 500ml de álcool de cereais.

Lembre-se de esquentar a água, mas não fervê-la!

Então, pode molhar um pano nessa mistura ou colocá-la em um borrifador e passar na pele do cão, evitando a área dos olhos e do nariz. Escovando a mistura e secando com um pano em seguida.

Ah, a mistura deve ser usada no momento em que foi feita, ok?!

Essas são soluções alternativas para evitar muitos banhos no inverno. Mas não os substituem completamente.

Ainda é necessário dar banhos tradicionais no seu amicão de vez em quando.

E, se notar qualquer alteração no seu pet, procure um veterinário de sua confiança!

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *